Posts Tagged ‘JMJ 2013’

Ostensório da JMJ é entregue à Paróquia de Copacabana no RJ

20 de setembro de 2013

289898

O ostensório feito exclusivamente para a vigília da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013 terá lugar na Paróquia Nossa Senhora de Copacabana, em Copacabana, no Rio de Janeiro. A entrega oficial foi feita, na manhã do último dia 16 de setembro, pelo Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, durante a Missa de despedida do padre Anísio José Schwirkowski, SCJ. O sacerdote foi Diretor do Setor de Relações Internacionais do Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013 e o idealizador da JMJ no Brasil.

“O ostensório permanecerá definitivamente na Igreja Nossa Senhora de Copacabana. O bairro acolheu a vigília, além de outros eventos durante a JMJ, e, por isso, nada mais justo ele ficar aqui”, disse Dom Orani.

A Missa foi concelebrada pelo pároco Dom Nelson Francelino Ferreira, bispo auxiliar da arquidiocese, e pelo Padre Anísio. O sacerdote da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, que ficou durante um ano no Rio para ajudar na Jornada, vai se dedicar a uma paróquia em Palmas, no interior do Paraná. Padre Anísio, que foi o responsável pelo presente dado à paróquia, foi o primeiro a colocar a hóstia consagrada no ostensório.

A paróquia, em Copacabana, tem adoração das 7h à meia-noite, exceto às terças-feiras, quando acontece das 7h às 9h e das 15h à meia-noite.

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Inscrições com hospedagem para a JMJ terminam domingo

27 de junho de 2013

960002_10201350647072124_596350030_n

Os peregrinos que precisarem de hospedagem para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013 precisam finalizar sua inscrição e efetuar o pagamento até domingo, 30. Após a data, não serão mais garantidas as hospedagens, mesmo para grupos que fizeram a opção por pacotes com alojamento e que já efetuaram o pagamento parcial.

Segundo informações do setor de inscrições da JMJ, para garantir a hospedagem dos grupos com o status pendente de pagamento, é necessário efetuar o pagamento total até 30 de junho ou finalizar a inscrição, modificando o número de pacotes escolhidos incluindo apenas os pagos.

Um cuidado importante é verificar se o status do seu grupo está como PAGO. Se já efetuou o pagamento total e o status do grupo está como PAGO, seu grupo está inscrito para a JMJ Rio2013.

Todos os peregrinos inscritos terão direito ao Kit Peregrino e a um seguro para os dias do encontro da juventude com o Papa. Mas, existem algumas diferenças nos pacotes oferecidos.

Se você vem sozinho ou com um grupo que não mora no Rio de Janeiro, o melhor pacote é o completo que contempla hospedagem, alimentação e transporte. Esse pacote está disponível em duas modalidades: semana inteira e final de semana.

Se vem para o Rio de Janeiro com uma caravana ou um grupo e já conseguiu uma hospedagem, pode optar pelo pacote que inclui alimentação e transporte. Dessa forma, você vai economizar, já que muitos restaurantes da cidade vão oferecer o Menu Peregrino com preço diferenciado para os inscritos e o Cartão Transporte tem saldo suficiente para o deslocamento na cidade.

Se você não vai poder participar de todos os dias da JMJ, pode optar pelo pacote de final de semana que inclui o Kit Vigília. Esse kit contém cinco refeições para o final de semana. E esse pacote oferece também o acesso a uma área restrita do Campus Fidei, em Guaratiba, mais próxima ao palco.

Para quem mora no Rio de Janeiro, o pacote mais indicado é o que inclui apenas o transporte. Essa opção também está disponível para semana completa ou final de semana, caso você não consiga participar de todos os eventos da JMJ Rio2013.

Site Oficial JMJ Rio2013

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

JMJ: Rio de Janeiro terá quatro dias de feriado

11 de junho de 2013

A Câmara de Vereadores aprovou quatro dias de feriado no Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013. O Projeto de Lei nº 212/2013, de autoria do Executivo, foi aprovado por 33 votos a 5.

No dia 23 de julho, o feriado começa a partir das 16h. Nos dias 25 e 26, quinta e sexta-feira, devido à presença do Papa Francisco na Praia de Copacabana, será integral. Na segunda-feira após a Jornada, dia 29 de julho, será feriado até às 12h, semelhante à quarta-feira de cinzas. O objetivo é facilitar a saída dos ônibus de peregrinos da cidade. Os eventos sem relação com as atividades da Jornada não serão autorizados pela prefeitura.

Os serviços públicos essenciais para a cidade continuarão funcionando normalmente, como a distribuição de energia, o abastecimento de água, transporte, hospitais, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), farmácias, postos de gasolinas, serviços funerários, empresas de telecomunicação e controles de tráfego aéreo.

“Sem essa emenda os jovens que vem para a Jornada estariam à mercê de problemas durante quatro dias. É preciso proteger a cidade porque ela não pode parar”, afirmou a vereadora Laura Carneiro (PTB), responsável pela emenda que foi aprovada por unanimidade.

Na oportunidade, o líder do governo na Câmara, Luiz Antonio Guaraná (PMDB), declarou: “A Jornada é o nosso foco agora, pois é o primeiro grande evento internacional, senão o maior”.

rio2013.com

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Argentinos serão cerca de 20 mil na JMJ, diz estimativa

3 de junho de 2013

uip

No país de origem de Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco, as expectativas para a Jornada Mundial da Juventude só aumentam. A estimativa é de 20 mil argentinos, sendo seis mil jovens da Arquidiocese de Buenos Aires, para o encontro do Pontífice com a juventude na JMJ.

Atualmente, a Argentina já é o maior país em número de inscrições de peregrinos e de voluntários para a Jornada, depois do Brasil. Os principais desafios para a participação dos “hermanos” são o transporte e a crise econômica que atinge o país. O transporte será por avião e ônibus (nesse caso, uma viagem de duração média de 40 horas).

O padre Mario Miceli, responsável de Buenos Aires para participação dos jovens na JMJ, esteve no Comitê Organizador Local para acertar os detalhes e garantir a massiva presença da “diocese do papa” no evento. “Sendo no Rio, vamos levar mais pessoas, mas não só por causa da proximidade latino-americana ou por ser mais acessível economicamente ou ainda por ser bom. Não somos Rio, não somos Brasil, mas nós somos América-Latina e experimentamos esse momento como Igreja que recebe os peregrinos que não são latino-americanos. Com todo o respeito, queremos ajudar a acolher”, afirmou padre Mario.

A Arquidiocese de Buenos Aires já criou um lema que acompanhará o período de preparação para a JMJ: “Somos da diocese do Papa, a Igreja de Francisco”. “Se ele escutar esse lema, acredito que ele não aprovaria, porque a Igreja é de Cristo (risos). São frases que na Jornada se diz muito, como quando em Madri falávamos ‘Somos tua juventude, Bento XVI’. Então é nesse sentido que nos alegramos”, confessou o jovem sacerdote.

Tamujuntojmj

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Mais de 900 emissoras de rádio farão a cobertura de JMJ Rio2013

21 de maio de 2013

Mais de 900 emissoras rádios de todo o Brasil farão a transmissão dos acontecimentos da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. As rádios estarão centralizadas na Rádio Catedral Fm, meio de comunicação oficial da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Cerca de 40 jornalistas de emissoras das bases geradoras Rede Sul de Rádios, Rádio Canção Nova, Rádio Difusora de Goiânia, Rádio Milícia da Imaculada, Rádio Aparecida, Rádio Evangelizar é Preciso e emissoras da RCR, prestarão serviço aos ouvintes.

Fazem parte do pacote de transmissão: a Missa de abertura, em Copacabana; Festival da Juventude em vários pontos da cidade; catequeses dos bispos em vários idiomas; acolhida do Papa Francisco e Via Sacra em Copacabana; peregrinação dos jovens para Campus Fidei; atividades culturais; vigília dos jovens com o Papa, em Campus Fidei; Missa de Envio presidida pelo Papa Francisco e o Anúncio da sede da próxima Jornada Mundial.

Para o diretor Geral Fundação Rádio Catedral, Padre Marcos Willian Bernardo, o objetivo da transmissão é manter o ouvinte atualizado e integrado no evento sobre tudo aquilo que o Santo Padre fará.

“Além da informação ser dada ao ouvinte, nós queremos externar esta unidade entre os meios de comunicação da Igreja católica. Nós formamos um grande sistema de comunicação, por isso, optamos por esta parceira com a RCR e as demais emissoras afiliadas, juntamente com a Rádio Catedral. Nós não queremos ficar sozinhos diante deste evento, queremos despertar a os demais meios de comunicação e de outros locais, para que se mantenha este espírito de unidade a respeito de comunicação da Igreja”, disse o padre.

Jovens Conectados

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Símbolos da JMJ seguem para o Estado do Rio de Janeiro

22 de abril de 2013

Neste domingo, 21, Dia do Bom Pastor, os Símbolos da JMJ – Cruz Peregrina e Ícone de Nossa Senhora – foram enviados para o Estado do Rio de Janeiro. A celebração que marcou o envio foi presidida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, no Santuário Nacional de Aparecida (SP).

A Missa fez parte da programação do Hallel Aparecida Internacional, realizado neste fim de semana, e marcou a passagem dos Símbolos do Estado de São Paulo para o Rio de Janeiro. Concelebraram com Dom Orani o cardeal arcebispo de Aparecida e Presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno Assis, o bispo da Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda, Dom Francesco Biasin, padres do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio2013 e diversos bispos e sacerdotes de todo o país.

289120

“Agradeço ao Cardeal Damasceno, pela oportunidade de presidir esta Eucaristia nesse dia memorável que juntamente com o tempo da Páscoa, com o Domingo do Bom Pastor, com o 50º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, também celebramos o dia da entrega dos Símbolos da JMJ ao Estado do Rio de Janeiro, através da Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda, primeira porta de entrada dos Símbolos ao Estado”, destacou Dom Orani.

Durante a celebração, os fiéis foram levados a refletir sobre o compromisso diário firmado com Deus. Na homilia, Dom Orani destacou que o Evangelho segundo João salienta alguns aspectos que todos são chamados a viver e que desejam que seja fruto, consequência da JMJ Rio2013.

“Escutar a voz de Deus significa acolher a sua mensagem, aquilo que Ele nos disse, e nós temos certeza que os jovens e todos que irão ao Rio de Janeiro vão com este espírito de peregrino porque escutaram, escutam e querem sempre escutar a voz de Cristo. (…) Esse envio da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora deve ir dizendo a todos aqueles que irão para a cidade do Rio que eles são chamados a tudo fazer para estar sintonizado com o coração de Cristo e deixar-se conduzir pelo espírito de Deus, pois este é o desejo do coração do Senhor”, disse.

A entrega dos símbolos para o RJ

Ao final da Missa, os jovens da arquidiocese de Aparecida entregaram os Símbolos da JMJ para Dom Francesco Biasin, que recebeu um emocionado e grande abraço dos jovens de sua diocese no momento em que entregou para eles a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora.

“Foi um momento inesquecível quando os jovens da diocese subiram no altar, pois eu estava lá e de repente me vi abraçado calorosamente por vinte, trinta jovens. Depois fomos juntos acolher e carregar a Cruz e o Ícone de Maria, e passamos no meio da Basílica do Santuário numa grande emoção de todo o povo, sobretudo, dos jovens, que se tornaram protagonistas desse momento tão importante”, afirmou Dom Biasin.

Após a celebração, o cortejo com os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude seguiu de Aparecida (SP) para o município de Itatiaia (RJ), onde foi acolhido por fiéis da Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda no Estádio Municipal Antônio Corrêa.

Canção Nova

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Cruz da Jornada visita Assembleia e é carregada por bispos

19 de abril de 2013

289110

O último dia da 51ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil foi marcado pela visita dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013.

Nesta sexta-feira, 19, a reunião do episcopado brasileiro teve início com a celebração da Eucaristia, presidida pelo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Raymundo Damasceno, e concelebrada pelo vice-presidente da CNBB e Arcebispo de São Luís (MA), Dom José Belisário da Silva e pelo secretário-geral da CNBB e bispo auxiliar de Brasília, Dom Leonardo Ulrich Steiner.

Após a Missa, os símbolos da JMJ que já se encontravam no Santuário, foram levados em procissão pelos jovens presentes na Basílica. O momento foi permeado de muita emoção e alegria. Próximo ao Centro de Eventos Padre Vítor Coelho, os jovens passaram às mãos dos bispos a Cruz e o Ícone da Virgem Maria. Estes terminaram a procissão chegando até a plenária da Assembleia.

Os símbolos da JMJ adentraram o espaço de eventos ao som da música “Nova Geração” (No peito eu levo uma cruz), na voz dos bispos que num clima de muita alegria entronizaram a Cruz e o Ícone próximos ao palco da plenária.

Para o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, a presença dos símbolos da JMJ na 51ª Assembleia significa os bispos dizendo: “agora, nossa Assembleia continua no Rio de Janeiro com a Cruz e o Ícone, reunidos com a juventude, para que os jovens possam sentir a Igreja presente em suas vidas”.

Canção Nova

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Bispos comentam evangelização da juventude pós JMJ

11 de abril de 2013

Grandes são as expectativas em torno da próxima Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho. O assunto também será pauta de discussão na 51ª Assembleia Geral dos Bispos reunidos em Aparecida (SP). Mas a evangelização da juventude não vai parar nesse grande evento.

289051

De acordo com o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, já se tem em mente alguns projetos de evangelização da juventude após a JMJ. Ele explicou que, desde o início, a ideia era de que a Jornada não fosse apenas um evento, mas um trabalho que tivesse uma continuação do passado, um momento presente, que é o próprio evento, e olhares para o futuro.

“Assim é que a CNBB, em um dos seus documentos, criou o setor jovem, falando que é importante trabalhar com toda a juventude, as pastorais, os movimentos, seus vários rostos e espiritualidades para que, realmente, o trabalho tivesse continuidade nessa missão”, disse.

Da mesma forma, o presidente da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB, Dom Eduardo Pinheiro da Silva, lembrou a promoção do evento, para a qual há um trabalho a fim de, em tudo o que está sendo feito como o Bote Fé, Semana Missionária dentre outros, possa-se discutir pontos para potencializar os trabalhos da juventude em suas diversas realidades.

Sobre os preparativos, nesta fase em que a Jornada se aproxima cada vez mais, Dom Eduardo comentou que o foco é a reorganização e intensificação dos preparativos, tendo em vista o aumento do número de interessados em participar do evento. “Como sempre, um dos cuidados especiais é a questão do alojamento, de convidar a população para que, realmente, ela acolha os jovens e, dessa maneira, dê comodidade aos inúmeros fiéis que vão estar presentes na JMJ”, informou.

Sobre a presença do Papa Francisco, Dom Orani destacou o empenho do Pontífice em vir ao Brasil, algo que o próprio Santo Padre manifestou em mensagem postada em seu Twitter no Domingo de Ramos. “Ele está empenhado em vir, já está sabendo de uma proposta que fizemos de aumento dos compromissos além da Jornada, outros momentos no Brasil, no Rio de Janeiro. Esse, com certeza, será o momento de um primeiro latino-americano Papa, que vem da primeira sede de uma Jornada na América Latina e única até hoje, que é a Argentina, 26 anos atrás. Vai ser um momento muito bonito para a América Latina, para o Brasil”.

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

“Cidade da Fé” dará suporte aos peregrinos e à Igreja durante JMJ

20 de março de 2013

Evento que será realizado de 20 a 26 de julho nasce para dar suporte aos peregrinos e à Igreja do Brasil durante a JMJ Rio 2013.

23867_555457557820348_263075539_n

Imagine um local que reúna toda a diversidade católica e ainda sirva de apoio aos peregrinos e religiosos (as) da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro (RJ). É sob esse contexto de entretenimento e centro de apoio que a CNBB, em parceria com a Promocat Marketing Integrado – empresa responsável pela promoção e organização do evento – criou a “Cidade da Fé”, evento que acontecerá em conjunto com a JMJ, no Centro de exposições Riocentro, localizado na Barra da Tijuca.

Cidade da Fé é o nome dado ao local que reunirá eventos como a tradicional Feira de artigos religiosos ExpoCatólica – Feira Internacional de Livros e Artigos Religiosos; o FÉSTIVAL, -Festival Internacional de Turismo Religioso – setor que conta com o apoio dos Estados brasileiros e do Ministério do Turismo; a Expo Vocacional, área da ExpoCatólica destinada às Congregações religiosas, e, o Bote Fé Brasil, última edição do evento que marcou a peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora pelas dioceses do Brasil.

Segundo Dom Leonardo Ulrich Steiner, Secretário Geral da CNBB, “os eventos regionais do Bote Fé e a Campanha da Fraternidade de 2013 sobre a Juventude, estão contribuindo ativamente para a promoção e divulgação da JMJ Rio 2013, além de despertar nos jovens a importância de sua participação na vida da Igreja. Concluir essa caminhada de quase dois anos com um evento de abrangência internacional foi uma forma encontrada para agradecer a acolhida e o envolvimento de toda a Igreja do Brasil nesse projeto, que deixará frutos em todas as comunidades”.

O evento ocupará mais de 70 mil metros quadrados do Riocentro, começando dentro da programação oficial da Semana Missionária e se estendendo para os dias da própria Jornada. “Serão sete dias de muitas atrações como shows e entretenimento, exposições culturais, fóruns, congressos, tudo preparado especialmente para receber as centenas de milhares de pessoas de mais de 190 países que estarão no Rio de Janeiro para a JMJ Rio 2013″ – relata Fábio Castro, Coordenador operacional da Cidade da Fé e Diretor Geral da Promocat Marketing.

Segundo padre Valdeir dos Santos Goulart, Coordenador Geral do evento e Assessor da CNBB, a Cidade da Fé foi aprovada pelos organizadores da Jornada: “Quando tivemos a ideia da realização deste evento, logo apresentamos ao COL (Comitê Organizador Local da JMJ Rio 2013) que solicitou autorização ao Pontifício Conselho para os Leigos (PCL). Com a devida autorização, passamos a construir o projeto em parceria com a Promocat, aproveitando toda estrutura oferecida pelo Riocentro” – disse padre Valdeir. “Uma estrutura tão grande, que servirá como Centro de Apoio para a Igreja do Brasil, onde as dioceses e congregações além das Embaixadas e Consulados poderão acolher e dar suporte a seus peregrinos. Um verdadeiro ponto de encontro para atender a Igreja” – completou.

No local as paróquias, congregações, grupos, movimentos e dioceses terão uma estrutura apropriada para reunir seus membros durante a Jornada, com várias ações e áreas de apoio como postos de saúde e acesso a internet, por exemplo. Em parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro, linhas de ônibus especiais ligarão os principais pontos de hospedagem e turísticos da Cidade até o Riocentro, além de ônibus exclusivos para transportar os milhares de padres, bispos e religiosos (as) que estarão na cidade. O projeto conta também com o apoio dos Governos Estadual, Municipal e Federal, além da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Além das atrações de responsabilidade da CNBB, outros eventos oficiais da JMJ Rio 2013 também acontecerão na Cidade da Fé. “A partir do dia 23 de julho as áreas do Riocentro estarão exclusivamente voltadas para atender as necessidades da Jornada, não promovendo concorrência com os eventos dos Atos Centrais” – disse Pe. Carlos Sávio, coordenador pastoral da Cidade da Fé e membro da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB.

Eventos realizados simultaneamente na Cidade da Fé e ExpoCatólica Rio

A ExpoCatólica é uma Feira pastoral e profissional realizada anualmente com o objetivo de organizar e promover o segmento religioso Católico. Lançado em 2002 na cidade de São Paulo-SP, o evento tem como objetivo principal, além de promover o segmento, encurtar a distância entre o produtor e o consumidor, atendendo a cadeia de distribuição com as especificidades que a Igreja exige.

É reconhecida mundialmente por apresentar as principais empresas produtoras de livros e artigos religiosos do Brasil e de vários países do mundo os quais participam frequentemente da Feira. Um lugar onde o visitante encontra tudo o que precisa para ele e para abastecer sua loja ou comunidade.

FÉSTIVAL – Festival de Turismo Religioso

No FÉSTIVAL, fé e turismo se misturam. Uma mostra para promover e incentivar a comercialização dos produtos desse setor que vem se expandindo a cada ano, onde o expositor se encontrará com esses peregrinos do mundo todo.

Expo Vocacional

A Expo Vocacional é um setor da ExpoCatólica criado em 2005 para promover os carismas da Igreja Católica. Nessa área haverá palcos para shows, pregações, momentos de oração, além de tendas para oficinas e Adoração ao Santíssimo Sacramento montados próximos aos estandes dos expositores que divulgam seus carismas. Expositores da Feira Vocacional JMJ Rio 2013 também participam dessa área na Cidade da Fé.

Bote Fé Brasil

Os eventos locais com a marca “Bote Fé” são realizados mensalmente pela CNBB nas principais dioceses por onde a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora estão passando com o projeto de peregrinação que, além dos objetivos pastorais, divulga a JMJ Rio 2013. Com grandes Shows de música católica os Botes Fé locais estão atraindo milhões de pessoas nas principais cidades do Brasil. Dentro da Cidade da Fé, no Rio de Janeiro, junto com a JMJ Rio 2013, haverá a última edição de fechamento desta peregrinação que recebeu o nome de Bote Fé Brasil. Como não se consegue imaginar um evento de jovens sem que se pense também na música, foi preparada uma vasta programação em parceria com as principais gravadoras do Brasil para realizar Shows com artistas consagrados da música católica e secular.

Espaço ADORAR

Ação, Doação, Oração, Respeito, Atitude e Recreação. A proposta desse espaço é que o jovem se conscientize de seu papel cristão na sociedade para ajudar o próximo dentro do contexto da fraternidade. No Espaço “ADORAR” o jovem poderá fazer doações de agasalhos, alimentos e do próprio sangue que será recolhido por profissionais da saúde.

CNBB/Cidade da Fé

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark

Grupo de jovens faz lançamento do Hino Magis Brasil 2013

5 de março de 2013

Os jovens do grupo MAGIS lançaram no último domingo, 3, o Hino Magis Brasil 2013, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude que se realiza no Rio de Janeiro de 23 a 28 de julho próximo.

O MAGIS é organizado pela Companhia de Jesus, a partir das províncias jesuítas do Brasil, juntamente com outras congregações religiosas de espiritualidade inaciana, grupos de leigos e províncias jesuítas de outros países da América Latina.

Em julho de 2013, haverá uma programação nos dias que antecedem a Jornada Mundial da Juventude. O Colégio Antônio Vieira, localizado em Salvador, na Bahia, por exemplo, sediará o encontro do MAGIS, de 12 a 14 de julho, que reunirá mais de dois mil jovens inacianos do mundo inteiro.

MAGIS é um termo em latim que quer dizer o mais, o maior, o melhor. Essa palavra muito usada por Santo Inácio de Loyola significa que sempre podemos experimentar um avanço em relação àquilo que já fazemos ou vivemos. A vida de Santo Inácio foi um peregrinar em direção ao magis, à sempre maior glória de Deus, ao serviço fiel aos pobres, ao bem universal e aos meios apostólicos eficazes.

Assim, a pessoa que vive e se deixa impelir pelo magis é alguém que nunca está satisfeito com a realidade existente, porque tem o impulso de descobrir, redefinir e alcançar o magis. Aquele que deseja encontrar o magis deve buscar, descobrir e arriscar-se na superação do já conhecido, do definido e do esperado, em vista sempre do bem maior, do amor maior e do mais justo.

Para ver o videoclipe do Hino Magis Brasil 2013 entre no site http://www.youtube.com/watch?v=c1_uipj0Afo ou www.magis2013.com.

  • Share/Bookmark
  • Share/Bookmark